Carregando…

6 Aplicações do Eneagrama na área profissional

6 Aplicações do Eneagrama na área profissional

Certa vez, ouvi dos índios M’byá-Guarany como eles davam os nomes para os pequenos. Eles observam o jeito da criança, o que ela gosta, como fica feliz, etc, e aí dão seu nome. Esta observação, que vai até uns quatro anos de idade, mais ou menos, é também de onde eles percebem a aptidão, tendência do pequeno. 
 
Então, de forma simples, por exemplo, se a criança se identifica com a natureza, possivelmente virá a ser um Pagé, e já vai sendo preparada, ambientada, ensinada, trocando experiência com mais velhos desde cedinho para isso, e assim por diante.
 
Não lhes parece mais óbvio e inteligente do que fazemos nós, os ditos brancos-evoluídos?
Não é sem motivo que cerca de 70% dos atuais trabalhadores brasileiros sente-se desmotivado, desapontado ou “no lugar errado” em relação a sua profissão, segundo pesquisa da ABRH em 2016.
 
Mas já que estamos nessa, veremos o que pode ser feito. 
 
Uma parte enorme daquilo que pensamos, que desejamos e também do que evitamos e negamos nos foi ensinada de alguma forma ao longo da nossa jornada de amadurecimento, desde que nascemos. A partir daí, ao conjunto de crenças, comportamento, hábitos, entre outros, damos o nome de personalidade.
 
A parte curiosa é que é possível perceber padrões nessa organização de personalidade que formamos. Parece impossível, mas é incrivelmente ordenada e predizível. Há inúmeras áreas do conhecimento que tratam disso, mas quero destacar um conhecimento muito antigo, chamado Eneagrama, que quando estudado no prisma da Psiquê, dá recursos incríveis para que possamos nos conhecer melhor e entender os caminhos necessários para as mudanças que queremos e precisamos fazer.
 

Sendo assim, aí vão seis aplicações deste conhecimento na área profissional.

 
1 - Engajamento
 
Engajar é um termo que vem do Francês e tem significado relacionado a “dar em garantia”, “empenhar”. Ou seja, quando estamos engajados em nosso trabalho ou negócio, significa dizer que estamos avaliando, ou garantindo a experiência com nossa própria vida. E na realidade é isso mesmo, pois passados mais tempo no trabalho do que em qualquer outra coisa. 
 
O Eneagrama faz você reconhecer como sua personalidade se organiza, e dentro disso, quais são as motivações chave, as mais íntimas por trás das suas ações e comportamentos. Entendendo a motivação, é muito mais simples de entender quais são as áreas de trabalho, áreas de negócio que lhe farão sentir mais leve, feliz e onde seus talentos realmente possam ser aproveitados.
 
Outro ponto importante é relacionado ao modo pelo qual o trabalho é realizado. Por exemplo, alguns tipos de personalidade relacionadas no Eneagrama se engajam mais facilmente quando está bem claro o que precisam fazer, o prazo, as regras e as metas. Ou seja, o job ou tarefa não importa tanto, mas sim a clareza de objetivos, parâmetros, instruções e regras. Viu como pode ser bem fácil de ajustar o engajamento quando a gente se conhece?
 
2 - Planejamento de Carreira / Crescer 
 
Hoje já não é interessante deixar sua carreira ser direcionada pela organização. Claro que há acordos e direcionamentos em comum, mas aí que está: em comum!! O que a maioria das pessoas fazem é acreditar que a empresa é sua mamãe e que vai ter que lhe aguentar e nunca vai te despedir, por que afinal, você esta dedicando sua vida a ela. Uma outra parte das pessoas não pensa assim e faz o contrário, no dia-a-dia ela cuida dos seus interesses e faz o que for melhor para si ou, ao menos, o que não vá lhe prejudicar. Se for o melhor para o negócio, bem, senão paciência, ele não vai “colocar o meu na reta”. É totalmente descomprometido com o negócio, mas tem muita gente assim nas organizações, pois faz isso nos bastidores, parece outra coisa, mas no fundo é assim que se comporta.
 
Note que nenhuma dessa é um planejamento de carreira eficiente e honesto. A maioria das pessoas trabalha com muito afinco e dedicação, mas não chega dar atenção, olhar os passos antes, durante e depois da empresa, quais os skills e habilidades ela precisa desenvolver, qual o futuro provável que terá, como será sua velhice, etc.
 
Conhecendo melhor a si mesmo, você poderá assumir melhor essa responsabilidade, a partir de uma visão mais clara dos seus potenciais, explorados e inexplorados, dos seus pontos a desenvolver e daquilo que realmente lhe faz feliz no curto, médio e longo prazos. O Eneagrama é fantástico para lhe ajudar nisso.
 
 3 - Trabalhar bem em equipe
 
Levante a mão quem realmente sabe trabalhar em grupo? Não é o que treinamos. Em geral aprendemos a fazer a nossa parte, deixar os outros fazerem a deles, mas raras vezes temos consciência clara de como colaborar melhor uns com os outros e qual a correlação das nossas atividades. 
 
Para trabalhar bem em equipe é preciso enxergar o outro como ele é, e não como eu sou ou como gostaria que ele fosse. O que a maioria das pessoas faz é medir os outros partir da sua própria régua. Ou seja, se eu sou esforçado, passo a dizer aos outros que se esforcem e posso até ensiná-los a ser assim. Isso é bom até um ponto, e passa ser ruim quando eu começo a achar que quem não se esforça não serve, ou pior que é só pelo esforço que se consegue as coisas. Como vou trabalhar bem equipe, usando somente o meu ponto de vista?
 
Estudando o Eneagrama, você entenderá os diversos pontos de vista, motivações, pontos fracos, e potenciais de cada pessoa. Isso da base para você trabalhar em equipe!
 
4 - Desenvolver liderança
 
Estou cumprindo minhas metas em relação à empresa? Sim? Mas, como estou fazendo isto? A que custo? 
Estou pressionando demasiado as pessoas? Como é o clima do meu time? Estou quebrando regras ou ultrapassando limites para chegar onde preciso? Minhas ações são éticas e ponderadas?
 
Muitas pessoas não são testadas nem treinadas para ocupar cargos de liderança, mesmo assim, quando elas o fazem, conseguem resultados surpreendentes. O que faz isso ocorrer? em que casos e/ou em que cenários?
 
Essas e outras questões tem a ver diretamente com sua experiência de liderança. À medida que você se conhece melhor, consegue melhorar suas chances de obter sucesso como líder, em cenários e situações distintas.
 
5 - Desenvolver pessoas
 
Entender o que uma pessoa necessita para se desenvolver, a dose adequada, a forma de apoiar e de cobrar é tarefa muito sensível da gestão de pessoas. Como gerenciar o que não se compreende?
 
As pessoas precisam executar o hoje, enquanto se preparam para estar com as condições necessárias para executar o amanhã. Como você pode querer atribuir tarefas para as pessoas que possuem as melhores aptidões, sem uma base forte de conhecimento sobre a personalidade e os padrões de comportamento delas?
 
Um bom líder consegue dar direção em relação ao futuro, alinhar, mobilizar e desenvolver pessoas em relação a estratégia do negócio. Para isso, as competências fundamentais são: conhecer pessoas e compreender,  estratégia do negócio,  e juntar as duas coisas no plano de ação.
 
O estudo do Eneagrama vai direto nesse ponto, revelando e ajudando as pessoas perceberem o que está por trás de seu comportamento e motivações mais íntimas, e também, revelado pontos fortes decorrentes de uma maneira especializada de prestar atenção à realidade.
 
6 - Empreendedorismo
 
Segundo dados da Serasa-Experian: 
 
“Entre janeiro e maio de 2016 o país contabilizou a criação de 851.083 novas empresas. Trata-se de um recorde para o período, desde a criação do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, em 2010. O número é 3,5% superior ao registrado nos cinco primeiros meses de 2015, quando o indicador apurou 822.519 nascimentos. Em maio/2016 o indicador detectou a criação de 176.108 novas empresas, aumento de 1,2% em relação ao mesmo mês do ano passado.”
 
Esse número expressivo tende a aumentar. A questão é que para sobreviver empreendendo no Brasil são necessárias mais do que habilidades. Fora toda a gama de conhecimento de gestão, fluxo de caixa, contabilidade, gestão de pessoas, relacionamentos, captação de recursos, investimento, e muito mais, o que faz o negócio se sustentar ou ir mal, em linhas gerais é a conduta do seu líder.
 
Pessoas mal preparadas, em condições específicas conseguem sucesso. Em outras condições, vai saber?
Este é um ponto crítico do desenvolvimento empreendedor, das decisões tomadas no dia-a-dia e sobretudo da sucessão e continuidade do negócio. Todo negócio tem o estilo do seu líder, então, como é seu estilo? 
 
Ou seja, conhecer-se melhor é fundamental para os resultados do curto e médio prazo, e garante que você evite uma série de dores de cabeça. 
 
E lembre-se, é uma caminhada, por isso, se possível começe hoje mesmo.